3 fevereiro 2010,
 0

Quase noventa por cento da demanda judicial nos tribunais em aspectos trabalhistas baseia-se na reclamação por carga horária: as principais alegações são oriundas de horas extras que o funcionário diz executar e não ser remunerado. Para evitar conflitos, deve-se cumprir a legislação. De acordo com o artigo 74 da Consolidação de Leis Trabalhistas, a CLT, o horário de trabalho deverá constar em quadro, organizado conforme modelo expedido pelo Ministério do Trabalho, e afixado em lugar bem visível.

A maneira mais eficaz de lidar com questões trabalhistas será um dos temas abordados no próximo Encontro de Síndicos, que será realizado nos dias nos dias 14 e 15 de agosto, no Centro Empresarial Mário Henrique Simonsen, das 13h às 20h. O centro empresarial fica na Avenida das Américas, 3434, e as inscrições já estão abertas.

Inscrições e mais informações pelo site www.abadi.com.br. Solicitamos aos participantes que levem um quilo de alimento não perecível, que será doado a instituições de cunho social. As vagas são limitadas.

Comments are closed.